Após a divulgação do resultado nesta quinta-feira (16), o Paduano divulgou essa postagem em suas redes sociais. Foto: Reprodução.

O Império Serrano viveu tarde de nota zero nesta quinta-feira (16). O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) revogou o mandado de garantia que mantinha suspenso o acesso e título do Paduano, por conta de uma denúncia do Império Serrano.

Após a votação por sete a zero, o tribunal determinou que a decisão fosse oficializada e comunicada à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj).

Veja a decisão na íntegra:

Entenda o caso:

Eliminado pelo Paduano, o Império Serrano moveu ação no TJD-RJ, dando conta de que o time do Noroeste Fluminense não teria apresentado novos testes de Covid-19 no jogo da volta das semifinais, decisivo para o acesso à Série B2.

De acordo com nota oficial apresentada pelo Reizinho de Madureira, a equipe paduana teria ido para a partida com seus últimos testes realizados em 30 de junho, e não entre 18 e 19 deste mês, conforme determinado pela Ferj.

Curioso

De fato, nas súmulas do confronto decisivo, o Paduano apresenta testes doas atletas com data de 30 de junho, enquanto no Império Serrano, as testagens apresentadas são de 19 de agosto.

A curiosidade é que o Trovão Azul traz em sua relação a assinatura de um médico ao lado do dirigente responsável pelo clube. Já no lado do Império, só há assinatura do supervisor.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui