Júnior Gomes é o terceiro treinador demitido pelo Goytacaz em menos de dois meses. Foto: Reprodução.

O Goytacaz Futebol Clube já pode pedir música. Mas não, o clube não teve nenhum atleta inspirado fazendo três gols.

Pelo contrário. A inspiração que paira na Rua do Gás é negativa. E vem de cima. O time campista demitiu na noite deste sábado (25) a sua terceira comissão técnica em pouco mais de um mês.

Auxiliar técnico da comissão que comandou a equipe até a 3ª rodada – disputada na tarde deste sábado – Raphael Cabral anunciou a descontinuação do trabalho por parte da diretoria:

A informação foi confirmada pelo treinador Júnior Gomes ao Nosso Esporte RJ. A decisão acontece cerca de 20 dias após a sua chegada e somente três partidas disputadas.

“A explicação para isso só o presidente e o grupo gestor podem dar. Eu apenas recebi uma ligação, comunicando que a comissão estava toda desligada.”

Gomes chegou ao Goytacaz em 6 de setembro. Doze dias para a estreia na B1. Logo em seguida, entre os dias 7 e 16, foram anunciados quase 20 reforços.

Onze deles já foram para o primeiro jogo. Oito como titulares. O Goyta estreou com empate em 1 a 1 com o Campo Grande, no Aryzão.

Depois, perdeu para o Serrano em Petrópolis pelo placar de 1 a 0, no marcante jogo dos escanteios (veja aqui).

Partida da Série B1 repercute por excesso de escanteios. Presidente fala em demissão de atletas

Neste sábado (25) o Alvianil voltou a empatar em casa: Goyta 1×1 Serra Macaense. Poucas horas depois, treinador e comissão foram dispensados.

“Foi a nossa melhor atuação. E a tendência era começar a evoluir no decorrer da competição.”

-Tivemos muito pouco tempo para trabalhar. Sofremos com desfalques. E infelizmente, no momento em que vínhamos em uma crescente, não foi possível dar continuidade – completou o agora ex-comandante alvianil.

Terceira demissão em menos de dois meses

É a terceira comissão técnica que o Goytacaz desfaz desde o início do mês passado – quando começou a pré-temporada.

Em 10 de agosto, Osmar Coaracy foi anunciado, e com ele uma série de atletas.

Após cerca de duas semanas, Coaracy e uma boa parte desses jogadores, foram dispensados.

Então, em 26 de agosto, foi anunciada uma nova comisão, capitaneada por Jorge Bug.

Dez dias depois, mudou tudo outra vez. Júnior Gomes foi o terceiro técnico a chegar ainda na fase de preparação para a disputa do campeonato.

“Fui convidado pelo (Raphael) Nonato para o projeto, montei a comissão técnica e fomos para o desafio.”

– Encontramos um cenário turbulento causado por essas trocas. Chegamos empenhados em mudar esse panorama. E acredito que estávamos indo bem, mas não tivemos sequência. Desejo ao Goytacaz que tenha sorte e sucesso em busca do objetivo – finalizou.

Raphael Nonato, citado por Júnior Gomes, é o responsável por fazer a ponte entre a atual empresa investidora do futebol, e a gestão do clube. É por onde deve passar a contratação do próximo treinador.

Até a publicação desta matéria, não houve posicionamento do Goytacaz.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui