Foto: Divulgação / Bangu

O Bangu Atlético Clube anunciou na manhã desta terça-feira (27) a contratação de Felipe Loureiro como seu novo treinador. Aos 43 anos, esse será o segundo trabalho do ex-atleta na função. Em 2017, ele formou dupla com o também ex-vascaíno Pedrinho no comando técnico do Tigres do Brasil (RJ). Já em em 2019, atuou como coordenador técnico da Ponte Preta (SP). O ídolo no Vasco da Gama terá a missão de dirigir o Bangu na Série D do Campeonato Brasileiro 2021.

Felipe é cria das divisões de base do Vasco e surgiu entre os profissionais em 1996, como lateral esquerdo. Foi um dos destaques da Colina entre o fim da década de 90 e início dos anos 2000, conquistando o Brasileirão de 1997, a Copa Libertadores de 1998, Copa João Havelange de 2000 – correspondente ao Campeonato Brasileiro daquele ano – e Copa Mercosul também em 2000.

Começou a receber oportunidades na Seleção Brasileira já em 98, sendo utilizado tanto lateral, como no meio campo. Depois, passou por Palmeiras e Atlético-MG, até voltar ao Vasco em 2002, passando a ter mais chances como meia.

Em 2003, se transferiu para a Turquia e foi jogar pelo Galatasaray. E no ano seguinte, voltou ao Rio de Janeiro, mas para atuar pelo Flamengo. Vestiu a camisa 10, foi capitão e principal nome da equipe em 2004 e levantou a Taça do Campeonato Carioca. Na mesma temporada, foi campeão da Copa América com a Seleção Brasileira.

Felipe já se manifestou em suas redes como novo treinador do Bangu

Após passagem rápida pelo Fluminense em 2005, foi para o futebol do Catar, por onde ficou até retornar novamente ao Vasco, em 2010. E novamente fez história. Foi capitão e uma das referências técnicas do título da Copa do Brasil e vice campeonato brasileiro em 2011, e do time que chegou até as quartas de final da Libertadores em 2012.

Em 2013, voltou ao Fluminense para reforçar o elenco campeão brasileiro e que disputaria a Libertadores. O craque, que ficou conhecido em sua carreira como maestro, se aposentou em 2014.

Felipe tem estreia marcada com o Bangu na Série D para o dia 5 de junho, em casa, frente ao Santo André. O clube está no grupo A7 da competição, com mais sete componentes: Boavista, Cianorte, Inter de Limeira, Madureira, Portuguesa, Santo André e São Bento.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui