Por meio de comunicado no Twitter, o grupo político “FlaFut” exigiu a demissão imediata de Domènec Torrent e toda a sua comissão técnica do Flamengo. A ala, da qual faz parte Dekko Roisman, integrante do “Conselhinho” do futebol e que está presente em Guyaquil, ressaltou o “maior vexame da história na Copa Libertadores”.

O comunicado destaca o desmonte da equipe que levantou os títulos em 2019 e frisou a “atuação apática e desorganizada, que envergonhou os torcedores”.

Em indireta ao vice de futebol Marcos Braz, o grupo salienta que o Fla “não pode ficar refém de qualquer dirigente que tente condicionar sua permanência a do treinador, ou que esteja com outras preocupações que não sejam o ajuste do rumo atual do futebol do Flamengo”. Braz flerta com a possibilidade de concorrer a uma vaga na Câmara dos Vereadores.

O FlaFut diz que o clube não pode ficar refém da multa rescisória de Dome e também defendeu a necessidade da troca, embora tenha pontuado que uma mudança de rumo muitas vezes não é cenário ideal.

Retirado de: UOL

13 COMENTÁRIOS

  1. 569045 696957of course like your web-site even so you want to check the spelling on quite several of your posts. Numerous them are rife with spelling issues and I to uncover it very bothersome to inform the reality nevertheless Ill surely come back once more. 691324

  2. 76199 53734This is truly intriguing, Youre a really skilled blogger. Ive joined your rss feed and appear forward to seeking more of your magnificent post. Also, Ive shared your web site in my social networks! 36570

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui