Para derrotar o Fortaleza por 2 a 1 neste sábado, em confronto no Maracanã, o Flamengo contou com dois de seus jogadores mais decisivos: Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa. O capitão marcou mais um golaço no primeiro tempo, já o camisa 9, após sair do banco de reservas, garantiu a primeira vitória do time em casa, neste Brasileirão, nos minutos finais da partida, “castigando” o rival.

Agora, após três triunfos consecutivos, o Flamengo chegou aos 14 pontos, e está, momentaneamente, na segunda posição. O Fortaleza, que marcou com Juninho no Maracanã, segue com oitos pontos e no oitavo lugar da tabela.

MAIS UM GOLAÇO DO MITEIRO

Diante do Fortaleza, o Flamengo repetiu o bom início de jogo que teve diante do Bahia, na última quarta, em Salvador. Com intensidade e agressividade na marcação, complicou a saída de bola rival e, logo aos cinco minutos, abriu o placar. O que também se repetiu foi a categoria de Everton Ribeiro. Se o meia, em Pituaçu, marcou um golaço com uma finalização forte, de longe, no Rio de Janeiro, ele esbanjou tranquilidade para, frente a frente com o goleiro, dar um leve toque para encobrir Felipe Alves e completar para a rede com a cabeça.

A movimentação do meio para frente, com Michael, Everton e Arrascaeta, com os apoios de Filipe Luís, Gerson e, especialmente, Isla, deu à equipe de Dome ótima produção ofensiva – foram 13 finalizações antes do intervalo, mas o gol não saiu. Méritos do Fortaleza e do goleiro Felipe Alves, que fez boas defesas.

OSVALDO “INFERNIZA ISLA” E LEÃO EMPATA

Após ser pressionado no início, o Fortaleza fez ajustes e, com presença na entrada de sua área, dificultou a criação de chances claras por parte do rival. Buscando equilibrar a posse de bola, o time de Rogério Ceni trocou passes à espera da hora certa de acelerar o jogo. O local já estava definido: nas costas de Isla, o chileno que apoia muito pelo lado direito do Flamengo. Osvaldo se aproveitou de sua velocidade para “infernizar” a defesa adversária por ali. Aos 13, foi derrubado na grande área e Juninho converteu o pênalti para empatar.

Foi da mesma forma que Osvaldo invadiu a área minutos depois e, ao driblar Isla, finalizou no travessão de Gabriel Batista. O Flamengo respondeu com chutes de Pedro e Michael, mas o empate persistiu até o fim da etapa inicial.

FLAMENGO INSISTE E GABIGOL GARANTE A VITÓRIA

Na volta do intervalo, Dome substituiu Pedro por Gabriel Barbosa. Já Ceni tirou Marlon e colocou Romarinho. Além dos nomes, o fato é que o nível da partida, em termos de emoção, caiu, e o Fortaleza foi o principal responsável. Com uma marcação encaixada, freou a produção do rival, que passou a abusar dos levantamentos. Paulão e Quintero, contudo, foram soberanos na bola aérea.

Por outro lado, as boas subidas do visitante também ficaram escassas. Isla, mais “preso” e com a cobertura de Willian Arão, resolveu o problema pela direita.  Como as chances não surgiram mais – dos dois lados -, os técnicos usaram todas substituições à disposição, mas pouca coisa mudou. Até aos 41.

Foi com um a menos em campo – Pedro Rocha entrou e sentiu lesão muscular – que o Flamengo encontrou espaço. Everton Ribeiro arrancou e encontrou Matheuzinho pela direita. O jovem lateral foi ao fundo e a defesa do Fortaleza, em um raro momento, vacilou. Livre, Gabigol finalizou de primeira, no canto, para garantir a primeira vitória do Rubro-Negro como mandante no Brasileirão.

FLAMENGO 2X1 FORTALEZA
FICHA TÉCNICA

Estádio:
 Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
​Data e horário: 5 de setembro de 2020, às 17H
​Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Árbitro de vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Renda/Público: Portões fechados
Gols: Everton Ribeiro (1-0, 5’/1ºT), Juninho (13’/2ºT) e Gabigol (2-1, 41’/2ºT)

Cartões amarelos: Everton Ribeiro (FLA); Carlinhos (FOR)
Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO (Técnico: Domènec Torrent)

Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho, 26’/2ºT), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego, 32’/2ºT), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Pedro Rocha, 32’/2ºT); Michael (Lincoln, 26’/2ºT) e Pedro (Gabigol, Intervalo)

FORTALEZA (Técnico: Rogério Ceni)

Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Carlinhos; Juninho, Ronald (Felipe, 29’/2ºT) e Marlon (Romarinho, Intervalo); David (Mariano Vázquez, 38’/2ºT), Osvaldo (Fragapane, 38’/2ºT) e Ederson (Wellington Paulista, 35’/1ºT)

Fonte: Lance!

10 COMENTÁRIOS

  1. 848469 964124The the next occasion I read a weblog, I truly hope so it doesnt disappoint me about brussels. Come on, man, Yes, it was my option to read, but I just thought youd have some thing fascinating to state. All I hear can be lots of whining about something which you could fix if you werent too busy searching for attention. 471568

  2. 991968 935845In case you happen to significant fortunate people forms, referring by natural indicates, moreover you catch the attention of some sort of envy in consideration of those types the other campers surrounding you which have tough times about this topic. awnings 100913

  3. 753746 784635hi!,I like your writing so significantly! share we maintain up a correspondence extra approximately your post on AOL? I need a specialist on this space to solve my dilemma. May be that is you! Searching ahead to peer you. 264055

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui