Equipes se enfrentaram nesta temporada pela primeira fase da Copa Rio e o Pérolas Negras avançou. Confronto marcou estreia do jovem atacante haitiano Garrinsha (foto) como profissional. Foto: Marcos Faria

Pérolas Negras e Serrano se enfrentam na tarde do próximo domingo (17) pela final do 1° turno da Série B1 Estadual. As duas equipes decidem o título da Taça Maracanã às 15h, no estádio do Trabalhador.

O confronto acontece em partida única, sem vantagem de empate. Persistindo.o placar igual, o campeão será conhecido nos pênaltis.

O mando de campo foi definido pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) em sorteio em sorteio na última sexta-feira (8).

Semanas diferentes

Os finalistas da Taça Maracanã vivem situações distintas na semana da decisão.

O Pérolas Negras decide na tarde desta quarta-feira (13) a vaga em outra disputa por título, com grau de importância e peso muito maior.

A equipe encara o Americano no Ferreirão, às 15h, em Cardoso Moreira, pelo jogo de volta da semifinal da Copa Rio.

Na ida, o Pérolas venceu por 3 a 0. Se confirmar o lugar na final, o time está garantido pela primeira vez na sua história em uma competição nacional.

Já o Serrano, eliminado pelo próprio Pérolas na primeira fase do torneio estadual, ficou apenas com a B1 no calendário.

Assim, o Leão da Serra poderá utilizar os dias de folga para focar na preparação para a partida decisiva pela 3ª divisão estadual.

Classificações com emoção

As vagas na disputa pelo troféu do 1° turno foram garantidas em semifinais bem movimentadas e cercadas de emoções.

O Pérolas conquistou seu lugar no mata mata com uma rodada de antecedência. No último jogo da primeira fase, poupou o time e, derrotado por 3 a 0 para o São Gonçalo, acabou perdendo o 1° lugar do grupo A.

Classificado em 2°, teve que decidir fora de cada e precisando da vitória. Pressionou o Campo Grande no Ítalo del Cima, fez 1 a 0 com Matheus Carioca e conseguiu segurar o resultado, com direito a reclamação por parte do Campusca de uma bola que teria entrado e um pênalti não marcado.

O Serrano já se classificou com emoção. O gol que garantiu o Leão da Serra na semi saiu nos acréscimos, derrotando o Nova Cidade fora e tirando a equipe de Nilópolis da fase final.

E na semifinal, o triunfos veio novamente nos acréscimos. O São Gonçalo tinha o mando de campo e jogava, no Alzirão, pelo empate. Os donos da casa viram os visitantes abrirem o placar no primeiro tempo com Gustavo, mas igualaram o marcador ainda na mesma etapa, com Yuri Soares.

Mas aos 55 minutos da metade final de jogo, após muita reclamação do time gonçalense, Adrianinho marcoue pênalti e sacramentou o clube de Petrópolis na final.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui