Foto: Reprodução/Bonsucesso

Bonsucesso e Leopoldinense fazem neste domingo (4) o confronto mais esperado da primeira fase do Quarentão 2021. Além de valer a liderança da competição, a partida marca o encontro entre os principais vencedores da história recente da Copa Máster. São cinco títulos em jogo.

Atual campeão, o Bonsucesso também levantou o troféu em 2018. Em 2019, a Taça ficou com o Leopoldinense, assim como em 2017 e 2013.

O início de campeonato de ambos já mostra que entram na disputa mais uma vez como protagonistas. Tanto pelos elencos montados, quanto pelo desempenho em campo.

Com elenco recheado de nomes conhecidos no futebol regional e nacional, o Bonsucesso lidera após três vitórias nas três primeiras rodadas. Já o Leopoldinense, outro com figuras renomadas no esporte profissional, chega para o embate embalado por duas vitórias, depois de estrear com empate.

Além dos 100% de aproveitamento, o Bonsucesso é dono do melhor ataque – 11 gols marcados -, e tem o artilheiro do torneio: Cosminho, com 4 gols. O time de Guarus tem ao lado da equipe do Parque Leopoldina, a melhor defesa do Quarentão. Ambos foram a campo em três oportunidades e não foram vazados.

Do lado do líder, estrelam o plantel figuras com passagens por agremiações importantes no futebol nacional, como Bill, ex-Vasco, Botafogo e Ceará, e Flávio Medina, ex-Botafogo, Fortaleza e Paysandu, além dos ex-atletas de Goytacaz e Americano, Pelica, Pachola e Rondinelli.

– Trabalhamos bastante para montar essa equipe. Já tínhamos um grupo forte e nos reforçamos mais para a temporada. Trouxemos três jogadores vice campeões em 2020 pelo CRA: Bill, (Flávio) Medina e o goleiro Geber, que retorna à sua casa. Também fomos buscar o volante Marcio, no Santa Cruz de Morro do Coco. Eram peças que me chamavam a atenção e passou a ser um objetivo, que vestissem a nossa camisa – contou o treinador Carlos José.

Também do Santa Cruz de Morro do Coco, o Bonsucesso foi buscar o meia atacante Pachola e seu irmão, o volante Puleka. O time é a grande sensação deste início de Copa Máster, depois de aplicar 8 a 0 no Operário, pela 2ª rodada.

Antes de golear o Operário por 8 a 0, Bonsucesso estreou com vitória em casa por 2 a 0, para cima do Campo Grande. Foto: Reprodução/Bonsucesso

“Será um campeonato equilibrado. Mas temos um grupo muito forte, com todas as condições de brigar pelo tricampeonato”, concluiu o comandante.

O Leopoldinense é 3º colocado, mas a dois pontos apenas da liderança. Basta vencer o duelo fora de casa para assumir ponta da tabela. E para isso, o clube conta com ex-zagueiro da Seleção Brasileira e jogador com passagem pelo futebol português.

Bicampeão brasileiro, campeão de Libertadores e Mercosul pelo Vasco e da Copa América com a Seleção Brasileira, Odvan é um dos ex-profissionais que reforça o elenco leopoldinense. O meio-campo Pingo, que chegou a defender o Braga de Portugal, é outro nome importante, assim como o também meia Netto, ex-Fluminense, Bragantino e Guarani.

– Nossa expectativa é sempre a mesma: lutar pelo título. Vejo o campeonato desse ano como um dos mais difíceis, mas seguimos na briga por mais um troféu. Para esse jogo em si, vejo o Bonsucesso como favorito. Afinal, é o time de maior investimento, e que vai jogar em casa, e nós temos desfalques. Mas será certamente uma grande partida, com duas equipes muito qualificadas brigando pelo resultado – comentou Netto.

Diretor do Leopoldinense, Netto passou a atuar nas quatro linhas pela equipe em 2019, participando das conquistas da Copa Master e Copinha do Quarentão.

“Hoje eu jogo e colaboro com a organização da diretoria. O Leopoldinense é o time do meu bairro. Por isso tenho um carinho especial”, completou o ex-atleta e um dos principais responsáveis pela gestão do clube no Quarentão.

Em 2021, também reforça o grupo com ele o arqueiro Macula, profissional por Goyta e Cano. Criado nas divisões de base do Vasco e campeão da Libertadores pelo Cruzmaltino, Richardson está a caminho do Parque Leopoldina. O meia soma ainda passagens por futebol português, América-RN e Avaí.

Richardson marca golaço contra o Botafogo, pelo Rio-São Paulo, em 1998. Em 2021, pelo Leopoldinense, ele vai reencontrar Odvan, com quem jogou no Cruzmaltino.

Na manhã deste domingo (4), além de Bonsucesso x Leopoldinense, outros seis jogos marcam a 4ª rodada do Quarentão. Vice líder, também com nove pontos somados, o Helênico folga.

Tabela e classificação da Copa Master, você acompanha aqui no Nosso Esporte RJ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui