Foto: Reprodução/Macaé

O Macaé já pode voltar a campo na tarde deste sábado (19) com um alerta ligado: mantendo-se no mesmo ritmo, a agremiação pode alcançar a façanha de sofrer dois rebaixamentos na mesma temporada.

E como a organização da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) com seus campeonatos é tão bizarra quanto a fase do Alvianil Praiano, é possível que a equipe dispute em 2021, três divisões estaduais. Três divisões, no mesmo ano.

O time de Macaé visita o Angra dos Reis às 15h deste sábado, no estádio Jair Toscano, pela 4ª rodada da Taça Santos Dumont (1º turno) da Série A2. Com 12 clubes, a competição tem dois turnos, com apenas cinco jogos cada – em fases classificatórias para as semifinais. Dez partidas no total.

Tiro curto. Como foi a 1ª divisão. Por lá, o Macaé teve uma oportunidade a mais no total. Foram 33 pontos (11 jogos) disputados e somente um somado. Na A2, o primeiro ponto também já foi conquistado – na estreia, em empate por 0 a 0 com o Maricá.

Acontece que nas outras duas rodadas, foram duas goleadas sofridas. Um acachapante 6 a 0 para o Audax, seguido pelo 4 a 0 para o Sampaio Corrêa.

Nesta rodada, o embate é contra um Angra, que pelo demonstrado até aqui, se configura como adversário direto na briga contra o descenso. Ambos conquistaram um ponto em três desafios, com a diferença de que o Tubarão Azul fez dois gols e levou cinco, enquanto o Leão sequer balançou as redes, e foi vazado dez vezes.

Tabela, classificação e placar em tempo real da Série A2, você acompanha aqui no Nosso Esporte RJ.

13 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui